Pediatria

 

 

- Consulta pediátrica durante o pré-natal (3. trimestre) para receber orientações

- Pediatria Geral

- Puericultura

- Atendimento a criança com febre/doente

- Orientação de vacinas

- Crescimento e desenvolvimento

 

>> Com que frequência ir ao pediatra?

A relação com o pediatra começa na gestação, durante o pré-natal. O vínculo entre a mãe e este profissional possui total influência na formação do sistema imunológico e evolução da saúde do bebê, além do acompanhamento da alimentação, hábitos, crescimento e desenvolvimento adequados para cada criança.

Com base nisto, os responsáveis pela criança não devem levá-la ao pediatra somente em ocasiões de doença, mas seguir as indicações de frequência para as consultas para o auxílio na prevenção de problemas de saúde, além de servirem para o esclarecimento de dúvidas, orientações sobre a rotina da criança e as melhores formas de cuidar dela através da recomendação de vacinas e exames necessários, instruções sobre os riscos da automedicação, entre outras ações.
 

A quantidade de visitas ao pediatra depende da idade da criança e das necessidades específicas para cada caso. Frequência de consultas recomendada:

- 1◦ mês de vida........... na 1a. semana de vida e após 15 dias 
- 2-6 meses.................. 1/1 mês

- 7-12 meses................ 2/2 meses  
- 12-24 meses.............. 3/3 meses
- 2-6 anos..................... 4/4 meses ou 6/6 meses

- Após os 6 anos......... 6/6 meses ou 1x/ano

- Na puberdade.......... 6/6 meses ou 1x/ano

- Após puberdade...... 1x/ano
 

Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria - adaptado.

>> Calendário de vacinas 

As vacinas são o meio mais seguro e eficaz de nos protegermos contra certas doenças infecciosas;

 

São obtidas a partir de partículas do próprio agente agressor, sempre na forma atenuada (enfraquecida) ou inativada (morta);

Muitas doenças comuns no Brasil e no mundo deixaram de ser um problema de saúde pública por causa da vacinação massiva da população, como coqueluche, pólio, rubéola, tétano;

 

Não deixe que doenças já erradicadas no país voltem!

 

A maioria das vacinas (que são básicas) estão disponíveis na rede pública (SUS) e outras vacinas somente na rede particular;

O calendário de vacinação sofre atualização periódica, de acordo com as doenças que estão circulando em determinada localidade, novas pesquisas, recursos públicos, etc. 

Mantenha sempre a atualizada a carteira de vacinação do seu filho(a).

>> Calendário de vacinas para crianças até 10 anos - SBIM (Sociedade Brasileira de Imunizações)

Detalhado / veja que nas últimas colunas à direita há informação sobre disponibilidade das vacinas na rede pública e rede particular.

>> Calendário de vacinas para outros grupos etários:

(clique para abrir o link)

- Calendário de vacina para CRIANÇAS (rede pública - SUS)

 

- Calendário de vacina para ADOLESCENTES (rede pública - SUS)

 

- Calendário de vacina para ADULTO (rede pública - SUS)

 

- Calendário de vacina para IDOSOS (rede pública - SUS)

 

- Calendário de vacina 0-19 anos (rede particular - SBIM)

- Calendário de vacina >20 anos / adultos / gestantes / idosos (rede particular - SBIM)

calend vacina sbim.png

DRA CAMILA D'ALMEIDA

pediatria &

endocrinologia pediátrica